RedSars2

 

Coordenação: Estevão Bosco (FFLCH/USP, Brasil)

O alcance global da pandemia do coronavírus impõe uma condição nova para a humanidade, na qual prevalecem a incerteza e a ameaça. Para explorar o desconhecido, precisamos unir forças, na tentativa de elevar o presente histórico ao pensamento. É nesta perspectiva colaborativa, regida por um princípio democrático, que a Rede Latino-Americana SARS-Cov2 , poder e sociedade foi criada, com o propósito de promover a investigação científica sobre os impactos de curto, médio e longo prazo do COVID-19 nas sociedades latino-americanas. Para tanto, a rede conecta pesquisadoras(es) das várias disciplinas das ciências humanas em torno de cinco eixos temáticos: governança multinível em saúde e segurança sanitária; corpo, poder e pós/descolonialidade; democracia, Estado e tendências; ambiente e sociedade; geopolítica e governança regional e global.

Colaboração Institucional:

Laboratório de Geografia Política da Universidade de São Paulo (GEOPO/USP)
Universidade de Brasília (UnB)
Universidad Autónoma Metropolitana (UAM/México)
GT CLACSO de Saúde Internacional

Pesquisadoras(es) associadas(os):

Camilo Negri (UnB, Brasil)
Frédéric Vandenberghe (UFRJ, Brasil)
Rebecca Lemos Igreja (UnB, Brasil)
Talita Tatiana Dias Rampin (UnB, Brasil)
Cristiane Derani (UFSC, Brasil)
Juan Agulló (UNILA, Brasil)
Jorge Romano (UFRRJ, Brasil)
Marcelo Santos (UFT, Chile)
Paulo Gustavo Correa (UNIFAP, Brasil)
Maira Fainguelernt (UNICAMP, Brasil)
Marcelo Fetz (UFES, Brasil)
Jorge Machado (USP, Brasil)
Julie Massal (Instituto Francés de Estudios Andinos, Colômbia)
Lidiane Soares Rodrigues (UFSCar, Brasil)
Wéltima Cunha (IFBA, Brasil)
Jaime Aragón-Falomir (Universidade das Antilhas)
Luiz Enrique Vieira de Souza (UFBA, Brasil)
Thomas Posado (Université Paris-8, França)
Gefferson Ramos (UFOPA, Brasil)
Andrea Lampis (USP, Brasil)
Luana Melo (UDESC, Brasil)
Fabrício Antunes Soares
Philippe Guedon (FGV, Brasil)
Philipp Altmann (Universidad Central del Ecuador)
Sofia Cevallos (UnB, Brasil; EHESS, França)
Giverage do Amaral (Universidade Técnica de Moçambique)
Émilie Dupuits (CONDESAN, Ecuador)
Marcelo Rossal (Universidad de la República, Uruguay)
Cristina Oehmichen (Universidad Nacional Autónoma de México)
Laura Valladares (Universidad Autónoma Metropolitana, México)
Jean-François Véran (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil, e Médecins Sans Frontières)
Gonzalo Basile (FLACSO, República Dominicana)
Regina Martinez (Universidad Nacional Autónoma de México)
Philipp Altmann (Universidad Central de Ecuador)
Katiuska King (Universidad Central de Ecuador)
Vitor Rocha Araújo (Consultor em Saúde Coletiva)
Valentina Nieto (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil)
Ana Flávia Barros (Universidade de Brasília, Brasil)
Nicole de Paula ( Institut für transformative Nachhaltigkeitsforschung, Alemanha)
Stéphane Granger (Comissão Científica do OHM-Oyapock/Guiana)

Sobre o Colégio

Colégio Latino-Americano de Estudos Mundiais, programa da FLACSO-Brasil, constitui um espaço acadêmico internacional multi e interdisciplinar, especialmente no âmbito das Ciências Sociais e Humanidades - CSH, com foco no tema das desigualdades, suas causas e efeitos e estratégias de mitigação. Saber mais

Informações

E-mail: colegiolatinoamericano@flacso.org.br

Acompanhe nossas atividades no FacebookYoutube e Instagram

Casa Franco-Brasileira da Ciência

Edifício Finatec, Sala 218-G, Av. L3 Norte, Campus Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília, DF – 70910-900

©2021 Colégio Latino Americano de Estudos Mundiais. Todos os Direitos Reservados.

Search