Quem Somos

Colégio Latino-Americano de Estudos Mundiais, programa da FLACSO-Brasil, constitui um espaço acadêmico internacional multi e interdisciplinar, especialmente no âmbito das Ciências Sociais e Humanidades - CSH, orientado à reflexão e análise sobre as condições de produção das desigualdades e seus efeitos nas distintas dimensões da vida social, assim como as estratégias de mitigação no contexto global. Assim, como desenvolvimento necessário de suas atividades, o Colégio se constitui como um espaço de reflexão sobre o próprio fazer das Ciências Sociais e Humanas latino-americanas, e o papel da disciplina e dos seus investigadores no campo científico internacional.

O Colégio já nasce com parceiros institucionais internacionais, especialmente com o Collège d´Études Mondiales da  Fondation Maison des Sciences de l'Homme- FMSH (http://www.fmsh.fr/fr/college-etudesmondiales/189) de França, mas também várias instituições latino-americanas.  

Uma proposta de inovação na produção do conhecimento em Ciências Sociais e Humanidades

O Colégio é um centro de estudos globais latino-americano que se assenta em uma nova forma de conceber os Estudos Latino-Americanos que ressalta a sua potencialidade e importância para a produção do conhecimento no âmbito das Ciências Sociais e Humanas mundiais, considerando, de maneira especial, sua contribuição para a compreensão de grandes temas globais, como desenvolvimento, desigualdades e justiça social, entre outros, que afetam distintas regiões do planeta. Acreditamos que, dadas as suas características especiais, como a perspectiva regional, a interdisciplinaridade e a promoção de estudos comparativos e multi-situados, os Estudos Latino-Americanos encontram-se em uma posição privilegiada para tratar de problemas contemporâneos que afligem, de maneira geral, os distintos países. Além disso, podem contribuir para a produção de um pensamento crítico que renove as próprias Ciências Sociais e Humanas, promovendo uma reflexão não somente sobre a atualidade de seus marcos teóricos e metodológicos, mas também sobre o seu lugar e de seus pesquisadores no mundo acadêmico e em um contexto social global de desvalorização da produção científica, especialmente, provocada por interesses conservadores, utilitaristas e do mercado capitalista. As Ciências Sociais e Humanas buscam se reposicionar e se fortalecer nesse contexto e os Estudos Latino-Americanos têm muito o que contribuir, a partir de suas experiências, para a produção acadêmica mundial. 

Objetivos

  • Promover um núcleo de debates e produção científica em estudos globais, que contribua para a compreensão das realidades desde uma perspectiva latino-americana;
  • Promover uma rede internacional pesquisa e discussão, com base na produção e internacionalização das Ciências Sociais e Humanas e na participação interdisciplinar;
  • Promover o intercâmbio de pesquisadores, docentes e estudantes internacionais;
  • Promover a inovação em diversos âmbitos no campo das políticas públicas;
  • Incubar e difundir investigações interdisciplinares de caráter internacional;
  • Desenvolver bases de dados e compartilhar com a comunidade em geral;
  • Facilitar a interação da academia com os diversos atores da sociedade civil e dos movimentos sociais;
  • Promover publicações conjuntas e coleções de obras que abordem temas e problemas atuais e de interesse geral;
  • Organizar seminários internacionais, oficinas, minicursos outras atividades conjuntas.

Estudos Latino-americanos e Global Studies

Sua proposta também está fundamentada no diálogo entre os estudos latino-americanos e os recentes Global Studies, em consolidação em diversas universidades do mundo. O Colégio busca posicionar o pensamento latino-americano no âmbito dos Global Studies que também pressupõem uma perspectiva ampla, interdisciplinar e anti-eurocêntrica sobre os efeitos nos mais diversos níveis, global, regional e local, dos processos de globalização econômica, social e política. Os Global Studies buscam avançar em uma perspectiva que dê conta de promover análises multidimensionais sobre os fenômenos sociais caracterizados, de maneira especial, por intensos processos de mobilização humana e de hegemonia do capital financeiro.  

No entendimento do Colégio, os Global Studies contariam com um contexto de globalização, que refletiria o foco do campo na expansão e intensificação das relações sociais no mundo-tempo e no espaço-mundo. Entendido como um conjunto multidimensional de processos, a globalização também envolve a crescente conscientização das pessoas dessas dinâmicas globais de interdependência. A segunda característica manifesta que Global Studies defendem um enquadramento transdisciplinar, que desafia a disciplinaridade eurocentrada e conformada pelo imaginário nacional dos séculos XIX e XX. O contexto da globalização traria uma multidimensionalidade cuja análise exige formas radicais de trans e multidisciplinaridade, em detrimento de formas de interdisciplinaridade envolvendo, por exemplo, o forjamento de vínculos entre duas ou três disciplinas. Como terceira característica, os estudiosos do Global Studies aplicam um novo enquadramento espaço-temporal aos seus temas de pesquisa. Afinal, as dinâmicas de reconfiguração espacial, como “desterritorialização” e “desnacionalização”, constituem as principais razões para a utilização do termo "globalização" em um primeiro momento.  Por fim, uma quarta característica define que os Global Studies dependem de um enfoque crítico que se manifesta de várias maneiras, tais como: ceticismo em relação aos dogmas positivistas e "verdades objetivas"; desconfiança em relação a significados e interpretações estabelecidos por instituições como mídia corporativa; a suposição que os fatos são socialmente construídos e servem a interesses identificáveis; a descolonização do imaginário (ocidental); e uma compreensão do global como uma dinâmica multipolar emergente do Sul, tanto quanto do Norte.

Sobre o Colégio

Colégio Latino-Americano de Estudos Mundiais, programa da FLACSO-Brasil, constitui um espaço acadêmico internacional multi e interdisciplinar, especialmente no âmbito das Ciências Sociais e Humanidades - CSH, com foco no tema das desigualdades, suas causas e efeitos e estratégias de mitigação. 

Informações

E-mail: colegiolatinoamericano@flacso.org.br

Curta a nossa página no Facebook

Casa Franco-Brasileira da Ciência

Edifício Finatec, Sala 218-G, Av. L3 Norte, Campus Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília, DF – 70910-900

©2019 Colégio Latino Americano de Estudos Mundiais. Todos os Direitos Reservados.

Search